Prevenção à fraude: abra os olhos, não, a carteira.

Os anúncios são sempre tentadores, mas cheios de oportunidades ilusórias. Quando se trata da sua conta bancária, é preciso ter muita atenção para não cair em golpes.

Destacamos algumas medidas de prevenção à fraude para ajudar você a abrir os olhos e não, a carteira. Todo cuidado é pouco quando falamos em:

  • Atualização de segurança: O Sicoob nunca liga solicitando acesso a sites ou envia links para instalação ou atualização de segurança, ou solicita informações sobre sua conta, senhas, ou liberação de dispositivo. Por isso, tenha cuidado com ligações recebidas.
  • E-mail com desconto: desconfie das ofertas mirabolantes que chegam a sua caixa de entrada. Antes de abrir ou clicar em algum link, verifique a veracidade das promoções e a reputação da empresa.
  • Internet banking: ao entrar no internet banking, verifique sempre a data do seu último acesso e o cadeado ao lado da URL.
  • Mensagem falsa: não solicitamos nenhum tipo de atualização por e-mail nem por SMS. Caso receba alguma mensagem falsa, denuncie.
  • Boleto: suspeite de boletos com propostas de desconto. E, antes de confirmar qualquer pagamento, verifique os dados do beneficiário, seja pessoa física, seja jurídica.
  • Caixa eletrônico: não aceite ajuda de estranhos e redobre a cautela no período noturno. Caso precise de auxílio, procure sempre um atendente da cooperativa.
  • Cartão: Vai fazer compras online? Não informe os dados do seu cartão em sites desconhecidos. Em caso de perda ou roubo, procura a sua cooperativa imediatamente.
  • Contato telefônico: se precisar falar com a gente por telefone, dê sempre preferência aos números oficiais da aba “Fale Conosco” no nosso site.

Existem outras formas de precaução: não deposite ou transfira dinheiro a desconhecidos, não acredite em pessoas que oferecem crédito fora da sua cooperativa e fique sempre alerta aos procedimentos de segurança.

Se houver qualquer dúvida ou suspeita, clique aqui e escolha um dos nossos canais de atendimento. Estamos sempre aqui para auxiliar você!

Tudo o que você precisa saber sobre Sicoob Consórcios

Assim como as cooperativas de crédito, os consórcios bateram recorde de crescimento no Brasil nos últimos anos. Segundo o Banco Central, a modalidade obteve uma expansão de 7,7% só em 2017. Isso acontece porque o consórcio oferece a possibilidade de realizar sonhos com planejamento, o que agrada os objetivos (e o bolso) de muita gente.

Com o Consórcio Sicoob, ainda dá para contar com ótimas condições e tarifas para conquistar aquele bem desejado há um tempo. Mas, se você ainda não tiver certeza de que essa é realmente a melhor opção, nós respondemos as principais perguntas sobre o assunto logo abaixo.

“Como funciona um consórcio?”

Quando você entra em um consórcio, começa a fazer parte de um grupo que financia junto a aquisição de bens, com isenção de juros e taxas reduzidas. Assim, é garantida a soma dos valores necessários para a contemplação de todos, com estabelecimento prévio de regras, prazos e valores.

“Precisa ser cooperado para ter um Consórcio do Sicoob?”

Qualquer pessoa física ou jurídica, associada ou não associada às nossas cooperativas, pode ter um consórcio. Inclusive, funcionários e dirigentes do Bancoob e do Sicoob Confederação, bem como das cooperativas centrais e singulares também.

“Quero ter um consórcio. Onde eu posso adquirir cotas?”

O primeiro passo é ir até uma cooperativa, onde você vai conhecer o valor das taxas e tarifas, e poderá adquirir sua cota, mediante assinatura de Contrato de Adesão, no qual são especificadas todas as condições negociais. Depois da assinatura do primeiro contrato, começa o processo de formação do grupo.

 

 “O que eu posso adquirir com o Consórcio?”

– Imóveis, com prazos de até 240 meses.

– Veículos leves, com prazos de até 86 meses.

– Veículos pesados, com prazos de até 144 meses.

– Motos, com prazos de até 60 meses.

– Serviços como consultorias, projetos, cirurgias, viagens e festas.

 “Quando ocorrem as contemplações?”

Mensalmente, nas Assembleias Gerais Ordinárias, por meio de sorteio ou lance. Ao ser contemplado, você receberá uma carta de crédito para aquisição do bem desejado. Ela poderá ser utilizada a qualquer momento, limitando-se ao prazo final de manutenção do grupo.

Ainda restou alguma dúvida? Acesse o site ou entre em contato por algum dos nossos canais de atendimento.

Taxas de crédito do Sicoob custam metade do valor cobrado por maioria dos bancos

Juros médios do Crédito Rotativo e Cheque Especial são os que apresentam maior diferença

Em um país com a maior taxa de empréstimo do planeta e com o spread bancário entre os mais altos do mundo, o Sicoob – sólida instituição financeira cooperativa do Brasil – cresce como alternativa de crédito mais justo nesse cenário.

Além do atendimento humanizado e personalizado, entre outras vantagens e diferenciais estão as taxas menores de juros. As opções atendem a diversas necessidades incluindo crédito pessoal, empresarial, financiamentos e consignado.

Se comparadas com os bancos tradicionais, as taxas praticadas pelo Sicoob são inferiores chegando, em alguns produtos, a menos da metade do valor cobrado pelos bancos tradicionais. “Este é um dos principais destaques das cooperativas financeiras e sempre foi assim. Os juros do cheque especial, por exemplo, somados as taxas cobradas no rotativo dos cartões de crédito são os maiores vilões no mercado. No Sicoob, oferecemos uma ampla linha de crédito com taxas bem mais vantajosas”, afirma Henrique Vilares, presidente do Sicoob Confederação.

Cheque Especial  

Os juros do cheque especial se mantiveram num patamar altíssimo em 2017, mesmo com as sucessivas quedas da taxa Selic. Em janeiro deste ano, a média mensal dos bancos ficou em 12,8% ao mês. Já a do Sicoob, a taxa média de juros foi de 6,5% a.m. A Conta Garantida do Sicoob, que equivale ao cheque especial para pessoa jurídica, teve média mensal de 4,9% ao mês. A dos bancos, mais que o dobro, 13,1% a.m.

Cartão de Crédito Rotativo e Parcelado

Em janeiro de 2018, a média das taxas cobradas ao mês no Cartão de Crédito Rotativo dos bancos foi de 14,1% ao mês, enquanto que no Sicoob ficou em 7,9% ao mês. Na opção de Cartão de Crédito Parcelado, com possibilidade de parcelar o total da fatura, a média por mês no ano passado nas cooperativas do Sicoob ficou em 3,8% ao mês. A taxa das principais instituições tradicionais foi de 8,4% ao mês.

Crédito Pessoal

Outra modalidade disponível, muito utilizada pelos correntistas e cooperados, que ajuda em despesas imediatas como, por exemplo, conserto do carro, pagamento de dívidas, reforma da casa etc, é o Crédito Pessoal. A média mensal cobrada pelo Sicoob em janeiro foi de 2,3% ao mês. Já a taxa de juros dos bancos para o crédito pessoal ficou em 3,4% ao mês.

Capital de Giro

Crédito muito utilizado para o financiamento de operações de uma empresa, seja para aquisições para o estoque ou despesas operacionais, o Capital de Giro, também se mostra grande diferença em relação as taxas de juros cobradas pelo Sicoob. A média mensal do Sistema em janeiro foi de 1,8%, já a dos bancos foi de  2,9%.

Economia

Considerando o volume de negócios realizados no Sistema Nacional de Crédito Cooperativo em 2017, e comparando os preços médios praticados nas cooperativas com os que seriam praticados pelos bancos nas mesmas operações, os cooperados, por contratarem com as próprias instituições financeiras (cooperativas), tiveram uma renda agregada ou uma economia na ordem de R$ 25 bilhões (aproximadamente R$ 2,5 mil por pessoa) no ano.

Informações Média de Taxas de Juros  

Nota:
1) Referente a janeiro.
2) Equivalente ao cheque especial pessoa jurídica do Sicoob.
3) Equivalente ao capital de giro rotativo do Sicoob.

Convocação para AGE

A Presidente da Cooperativa de Crédito dos Servidores Públicos, Empresas Privadas e seus Empregados de Vitória da Conquista Ltda. – SICOOB CREDCOOP, no uso das atribuições que
lhe confere o art. 39 do Estatuto Social, convoca os associados, que nesta data totalizam 3.202 (três mil duzentos e dois), em condições de votar, para reunirem-se em ASSEMBLEIA GERAL
EXTRAORDINÁRIA, a ser realizada no auditório da CDL – Câmara de Dirigentes Logistas, situado na Rua do Triunfo, n°. 176, Centro, Vitória da Conquista/BA, por não haver acomodações
suficientes ao número de associados na sede da Cooperativa, no dia 20 de julho de 2018, obedecendo aos seguintes horários e quóruns para a sua instalação, sempre no mesmo local, em
cumprimento ao que determina o Estatuto Social: em primeira convocação, às 16h00 (dezesseis horas), com a presença de 2/3 (dois terços) dos associados; em segunda convocação, às 17h00
(dezessete horas), com a presença de metade mais um dos associados; e em terceira e última convocação às 18h00 (dezoito horas), com a presença de, no mínimo, 10 (dez) associados, para
deliberarem sobre a seguinte ORDEM DO DIA:

1. Captação de recursos de municípios, de seus órgãos ou entidades e das empresas por eles controladas;

2. Incorporação da COOPERATIVA DE ECONOMIA E CRÉDITO MÚTUO DOS SERVIDORES DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO SUDOESTE DA BAHIA LTDA –
CREDIUESB pela Cooperativa de Crédito dos Servidores Públicos, Empresas Privadas e seus Empregados de Vitória da Conquista Ltda. – SICOOB CREDCOOP;

3. Indicação de nomes para integrarem a Comissão Mista;

4. Definição de data-base para levantamento e avaliação da situação patrimonial e de
resultado da Cooperativa;

5. Definição da data da AGE Conjunta.

ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA

A Presidente da Cooperativa de Crédito dos Servidores Públicos, Empresas Privadas e seus Empregados de Vitória da Conquista Ltda. – SICOOB CREDCOOP, no uso das atribuições que lhe confere o artigo 39 do Estatuto Social, convoca os associados, que nesta data totalizam 3.081 (três mil e oitenta e um), em condições de votar, para
reunirem-se em ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA, a ser realizada no auditório da UFBA, Campus Anísio Teixeira, pavimento térreo do Prédio Administrativo, situado na
Rua Hormindo Barros, 58, Candeias, Vitória da Conquista/BA, por não haver comodações suficientes ao número de associados na sede da Cooperativa, no dia 07 de abril de
2018, obedecendo aos seguintes horários e quóruns para sua instalação, sempre no mesmo local, em cumprimento ao que determina o Estatuto Social: em primeira
convocação, às 16h00 (dezesseis horas), com a presença de 2/3 (dois terços) dos associados; em segunda convocação, às 17h00 (dezessete horas), com a presença de
metade mais um dos associados, e em terceira e última convocação, às 18h00 (dezoito horas), com a presença mínima de 10 (dez) associados, para deliberarem sobre a
seguinte ORDEM DO DIA:

1. Prestação de contas do exercício de 2017, compreendendo o Relatório da Gestão, Balanço, Demonstrativo da Conta de Sobras ou Perdas, Relatório da Auditoria
Externa e Parecer do Conselho Fiscal;
2. Aprovação da fórmula de cálculo de distribuição das sobras ou rateio das perdas;
3. Destinação das sobras apuradas ou rateio das perdas;
4. Fixação do valor das cédulas de presença dos membros dos Conselhos de
Administração e Fiscal;
5. Fixação de valor global para pagamento dos honorários, gratificações e/ou
benefícios dos membros da Diretoria Executiva;
6. Aprovação da Política Institucional de Controles Internos e Conformidade;
7. Aprovação da atualização da Política Institucional de Governança Corporativa.

 

COOPERATIVA DE CRÉDITO DOS SERVIDORES PÚBLICOS, EMPRESAS PRIVADAS
E SEUS EMPREGADOS DE VITÓRIA DA CONQUISTA LTDA – SICOOB CREDCOOP

CNPJ nº. 02.528.151/0001-42 – NIRE nº. 294.000.2472-6

Vitória da Conquista, 23 de março de 2018.

Rejane Silva de Almeida
Presidente

Conheça os principais marcos da história do cooperativismo no mundo

Você sabe o que é o cooperativismo? É um movimento que busca aliar o desenvolvimento econômico ao bem-estar das comunidades locais. Trata-se, assim, de uma filosofia que procura realizar coletivamente o que não pode ser feito por pessoas isoladas umas das outras. Tendo como principais referências a participação democrática, a solidariedade e a autonomia, é sinônimo de equilíbrio e justiça.

Atualmente, é praticado por um bilhão de pessoas em mais de cem países e tem uma história de mais de 150 anos. Descubra como tudo isso começou, viaje no tempo com a gente e conheça os principais marcos dessa trajetória.

Em 1844 foi fundada a primeira cooperativa, na Inglaterra, a Sociedade dos Pioneiros de Rochdale. Cerca de 30 tecelões se uniram para batalhar por uma vida mais digna em uma época em que eram praticamente inexistentes os direitos trabalhistas e havia muita exploração da mão de obra.

Em 1895 foi criada a Aliança Cooperativa Internacional (ACI), em Londres, para dar continuidade ao trabalho dos Pioneiros de Rochdale e ser representante mundial do movimento cooperativista.

Em 1923 foi comemorado pela primeira vez o Dia Internacional do Cooperativismo. O primeiro sábado de julho foi a data definida para celebrar o cooperativismo em todo o mundo.

Em 1925 foi criada a bandeira do cooperativismo mundial. Ela era representada pelas sete cores do arco-íris.

Em 1937, em um congresso da ACI em Paris, foram reunidas as regras de funcionamento e gestão da Sociedade dos Pioneiros de Rochdale e as transformadas nos cinco princípios iniciais do cooperativismo: adesão livre e voluntária; gestão democrática; participação econômica dos membros; autonomia e independência; educação, formação e informação.

Em 1966 foi adotado o sexto princípio do cooperativismo, a intercooperação: as cooperativas atendem as necessidades de seus membros e fortalecem o movimento quando atuam em conjunto.

Em 1995 foi comemorado o centenário da ACI em Londres e aprovado o sétimo princípio do cooperativismo, o interesse pela comunidade, que se baseia no desenvolvimento sustentável das localidades.

Está vendo?! Cooperar é um termo que tem muita história. A trajetória de luta por direitos e melhores condições de vida está inscrita no cooperativismo e nós temos muito orgulho de fazer parte desse movimento que se preocupa com o desenvolvimento não só econômico, mas também das nossas comunidades.

Saiba como escolher a sua cooperativa

Abrir uma conta no Sicoob e fazer parte de uma cooperativa proporciona muitos benefícios aos cooperados, como ter acesso a taxas diferenciadas para linhas de crédito, participar dos resultados financeiros, fortalecer a comunidade, entre outros.

No entanto, poder aproveitar essas vantagens requer trabalho e exige responsabilidade dos cooperados, como presença em assembleias, respeito ao estatuto e zelo por seu patrimônio. É que o cooperativismo atua com base na colaboração para gerar mais força e mais resultados.

Por isso o processo de escolha de uma cooperativa deve ser feito com calma, afinal de contas, você será dono dela, junto com uma rede de outros cooperados. Assim, analise com cuidado e esteja atento à sua credibilidade e outras características. Para isso, basta conferir as nossas dicas!

App Faça Parte

No nosso aplicativo há um caminho rápido e intuitivo para abrir uma conta – e essa ação exige a escolha de uma cooperativa. Depois de se cadastrar, você vai ter acesso a informações relevantes sobre as cooperativas às quais pode se associar. Aí, basta estudar a que mais tem a ver com o seu perfil, de acordo com as características abaixo.

Segmento

Saiba de qual setor econômico você faz parte. As cooperativas de crédito, normalmente, têm segmentos específicos, de acordo com a atividade profissional dos cooperados. Mas também há as de livre admissão, isto é, que aceitam qualquer pessoa.

Patrimônio e resultado

Esses itens correspondem ao montante de dinheiro que a cooperativa tem e o quanto ela compartilhou com os cooperados. Fazer uma comparação entre as riquezas das cooperativas pode ser interessante antes de aplicar seu dinheiro em uma delas, já que as sobras que você recebe no fim do ano dependem disso – além, é claro, da sua movimentação financeira.

Valor de ingresso

Ao fazer parte de uma cooperativa, é preciso comprar a sua participação. É uma relação parecida com a compra de ação de uma empresa. Assim, você adquire uma quota (ou mais de uma) e se torna dono da cooperativa também. Veja bem qual é o valor de integralização, compare e conclua o que acha mais interessante para o seu bolso. Não deixe de ler a próxima dica, que tem relação com esse valor!

Pagamento de juros ao capital

As cooperativas remuneram as quotas de participação que você compra ao se tornar um cooperado. Isso quer dizer que incidem juros sobre as “ações” que adquiriu, o que faz crescer o total investido para fazer parte da cooperativa. O melhor é que todo ano você recebe o valor desses juros. E, se um dia quiser deixar a cooperativa, todo a quantia de ingresso é devolvida, com as devidas correções monetárias.

Gostou das nossas dicas? Agora você está pronto para fazer parte desse sistema cuja base de crescimento é a união e que você também ajuda a construir e fortalecer.

Cooperativas de crédito crescem mais rápido que bancos em 2015

Alta capilaridade e taxas mais competitivas num momento de juros em níveis recordes impulsionaram crescimento

crescimento

As cooperativas de crédito brasileiras tiveram crescimento dos financiamentos em ritmo superior ao do sistema bancário do país em 2015, aproveitando-se da alta capilaridade e da oferta de taxas mais competitivas num momento de juros em níveis recordes.

Maior do país no setor, com cerca de 3,2 milhões de sócios, o Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) fechou o ano passado com R$ 34,7 bilhões em crédito, alta de 9,2% ante 2014. Também com mais de 3 milhões de cooperados, o Sicredi viu sua carteira subir 8,1% no período, a R$ 30,6 bilhões.

O estoque de crédito do sistema financeiro do país subiu 6,6% em 2015, pior evolução da série histórica iniciada em 2007 pelo Banco Central. Se considerado apenas o crédito livre, que desconsidera os financiamentos direcionados, como para habitação e rural, o avanço foi ainda menor, de 3,7%.

Dado o relacionamento mais próximo com os tomadores em relação ao que ocorre na média do setor bancário, as cooperativas também têm conseguido manter níveis de calotes inferiores aos dos bancos de varejo, embora também tenham piorado com a recessão do país.

No Sicoob, o índice de inadimplência acima de 90 dias, subiu de 1,7% para 2,5% no ano passado. No Sicredi, o índice passou de 1,99% para 2,4%. A média do sistema financeiro do país era de 3,4% no fim de 2015.

Diante da retração no setor bancário, as cooperativas estão aproveitando para expandir a oferta de serviços financeiros, incluindo cartões de crédito, consórcios, previdência e seguros.

Mesmo em caderneta de poupança, Sicoob e Sicredi conseguiram captação positiva no ano passado, na contramão do mercado.

Segundo o presidente do Sicoob, Henrique Castilhano Vilares, esses números podem revelar que as cooperativas têm conseguido um relacionamento mais próximo e personalizado com os tomadores de crédito e serviços financeiros do que os bancos.

“Diferente das instituições financeiras convencionais, os resultados das cooperativas retornam para o associado”, disse Vilares em documento enviado à Reuters. O Sicoob se apresenta como a sétima maior instituição financeira do país, com um patrimônio líquido de R$ 13,88 bilhões.

Fonte: Por Aluísio Alves – Reuters

Promoção Indicação de Ouro Sicoob

sc_0006_15_promocional2016_internetbanking_naocorrentista_grande_400x350px_finalQue tal concorrer a 6 Honda Fit, 48 cartões presente no valor de R$ 1.000,00 cada e a 6 viagens com acompanhante para Orlando? Para participar, basta indicar novos cooperados para a cooperativa no período entre 03/03/2016 a 09/09/2016.

Seus indicados devem procurar uma cooperativa Sicoob e no momento da associação precisam citar você como indicador, fornecendo o número do seu CPF e da sua cooperativa de relacionamento.

Com essas informações o funcionário da cooperativa o cadastrará no sistema da promoção, porém apenas após o pagamento da cota por parte do seu indicado você poderá consultar seus números da sorte, considerando as datas de atualização expostas no regulamento. Não perca essa oportunidade. Participe!

Os sorteios serão realizados semanalmente e os nomes dos ganhadores serão divulgados no hotsite da promoção até a segunda-feira seguinte à data de realização do sorteio.

Para consultar o regulamento, seus números da sorte, as datas e resultados dos sorteios realizados acesse: www.sicoob.com.br/indicacao e boa sorte!

Cooperado deve ficar atento ao preencher cheque neste começo de ano

Um dos erros mais comuns no preenchimento de cheques ocorre no início de cada ano, quando alguns cooperados acabam se equivocando, pela força do hábito, na hora de datar o documento e colocam o ano anterior. Para evitar transtornos, a partir de 1º de janeiro os cheques deverão ser preenchidos com o ano de 2016.

A confusão é comum na virada do ano. Por isso, durante o mês de janeiro, para os cheques datados com o ano de 2015, as instituições financeiras irão adotar procedimentos de verificação para checar se o documento não foi emitido além do prazo permitido em norma para sua compensação – o prazo é de seis meses. Se for comprovado que, de fato, houve um equívoco no preenchimento do cheque, o mesmo será compensado normalmente.

Confira as dicas da Febraban para evitar problemas com cheques:

  • Emita sempre cheques nominais e cruzados;
  • Ao preencher cheques, elimine os espaços vazios, evite rasuras;
  • Controle  seus depósitos e retiradas no canhoto, inclusive as realizados com cartão;
  • Evite circular com talões de cheques. Leve apenas a quantidade de folhas que pretende utilizar no dia;
  • Quando receber um novo talão, confira os dados referentes ao nome, número da conta corrente e CPF e a quantidade de cheques do talonário;
  • Tome o máximo de cautela na guarda dos talões. Destaque a folha de requisição e guarde em separado;
  • Nunca deixe requisições ou cheques assinados no talão;
  • Destrua os talões de contas inativas;
  • Separe os cheques de qualquer documento pessoal;
  • Não utilize caneta hidrográfica ou com tinta que possa ser facilmente apagada. Evite canetas oferecidas por estranhos;